sexta-feira, 15 de abril de 2011

Colóquios de uma noite de devaneios


                                     Imagem: google

Penso que as vezes navego só
Solitário e errante
Pelos mares da vida.
Nem sempre sinto o vento,
Um sopro a me guiar.
Sinto como um curto-circuito
Sem saber para onde ir
Qual caminho tomar
Isar âncoras ou não.
São tempos de águas turbulentas
Céu escuro e vento forte.
Não vislumbro mais o horizonte,
Minha vista não mais o alcansa.
Havia uma pomba,
Uma pomba branca,
Não mais a vejo,
Tento olhar o lado bom,
Também não vejo abutres!
Mas não é fácil

Em sua embarcação chamado vida
Solitário
Errante pela vida
Na tentativa de acertar
De fazer a coisa certa.
Não me peça explicação                  
Pois não sei,
Não sei explicar
Não sou capaz de com palavras
Expresar emoções tam grandes.
A vida assim me fez
Ou assim me fez a vida,
Nem mesmo entendo
Apenas sinto,
Precinto,
E tento siguir meu caminho.
Sou inquieto,
Quero muito,
Ser muito,
Quero uma boa oportunidade,
Apenas uma,
E saberei uza-la
como jamais alguém usou!
Por vezes penso que carrego tantas coisas em meu íntimo
coisas e sentimentos suficientes para umas 3 pessoas,
tudo, em apenas uma!
Fico pensando se a história seguirá seu caminho normal
Nem notando a minha presença,
ou se ela jamais será a mesma depois de mim?
Presunsoso?
Arrogante?
Convencido?
Não, acho que sinceramente não,
Apenas alguém que não se conhece por inteiro,
Que não se entende nem um pouco,
Que se encanta com coisas que apavoram outros,
Que tem mais vontade que tempo hábil,
Mais idéias que papel,
Mais insistência que sabedoria!
Hà um ditado que me lembro desde a mais tenra infância:
“Água mole em pedra dura,
tanto bate até que fura.”
talvés esta seja minha sina,
provar a veracidade deste ditado,
se for, assim o farei!
Depois de tantos barcos,
tantos mares,
tantos tombos e tropeços,
depois de tantos subidas e descidas,
não me permito mais olhar para tráz,
o ontem é passado,
e haja o que houver,
sempre o será!
Há um norte em minha búsola,
e é para lá que navego!
Sinto muito por este norte,
muitas renúncias se apresentaram,
a escolha não foi fácil,
mas levantei áncoras e sarpei do porto da saudade, runo a solitária viagem do destino,
de porto incerto para atracar.
Uma vez, meu irmão me disse algo,
algo que carrego até hoje:
“Nunca trilhe caminhos por outros trilhados,
pois eles só levam até onde alguêm ja foi!”
No momento, acho que nem a entendi,
mas ela não me saia da cabeça.
Hoje, ainda não sei se a compreendo,
mas sei de uma coisa,
minha trilha é nova,
e minha foice ja está cega!
Pessoas percebem,
não sei se minha teimosia,
minha insistência ou minha força,
mas elas percebem
a ponto de dizerem que este país é pequeno para mim.
É com afinco que digo,
queria que percebesem também meu sofrimento,
minhas dificuldades,
minha solidão,
meus momentos de angustia,
meus gritos reprimidos dentro da boca
minhas dores caladas!
Vejo aqui um grande erro.
Quando adimiramos alguém do passado,
alguém que a história insistiu em registrar,
por incrível que parece,
apenas as situações de vitória sáo lembradas,
tornando-o quase um semi-deus,
algo inacançável para meros mortais como nós.
Balela, história para boi dormir,
como dizia minha finada avó,
como todos os preconceitos que a sociedade incutiu em sua mente
e você nem se deu conta,
isso também foi planejado,
alguns nasceram para o sucesso,
outros para o fracaço.
E,... você ja se perguntou o que é sucesso e fracasso?
para você!
não o que a sociedade diz!
aceite que noventa por cento do que a sociedade fala está errado,
só tem o objetivo de te adestrar.
Por vezes,
pensei em abandonar minha jangada,
tuparões são por demais perigosos,
talves um balão fosse mais seguro,
tão belo, colorido,
voaria alto, apalpando as nuvens,
mas quando vi o tamanho do primeiro dragão,
senti muita segurança no mar
e no agito das águas.
E aqui sigo,
de âncoras recolidas,
velas abertas
e uma frigideira na mão,
tubarão que se meta a besta pra ver o que é bom.
Vai um espetinho ai?
Assim é a vida,
não diria que uns naceram para o sucesso
e outros para o fracaço,
mas decididamente,
uns naceram para enfrenta-la de frente,
de peito aberto,
e destes é o direito do sucesso.
Querer,
é mais que uma vontade,
é mais que desejar,
é mais que chorar,
se esperniar,
é olhar para tráz,
vislumbrar tudo e todos
que pertencem a sua história,
cada passo ja dado,
e mesmo em meio as lágrimas da despedida,
solidão,
ou qualquer dragão que a vida lhe dé,
arregaçar as mangas
e por mais força,
porque o amanhã se tornará hontem,
e quando isso acontacer,
poderá se arrepender de algo do qual não é mais possível mudar!

                                                                                                (12/04/2011)

Meus queridos, peço desculpas pelo tamanho do texto, não foi intencional. Beijos.

11 comentários:

  1. Olá menino
    Tomei seu texto como um desabafo, cheio de angústias, dúvidas e medos. Tudo isso faz parte da vida. As vezes o mar é mais agitado para algumas pessoas, mas Deus sempre lhes dá o braço mais forte para remar. Não desista nunca, não permita a tristeza ocupe seu coração. Depois de ler a sua estória, tenho certeza que és um vencedor, e que qualquer coisa que vier, por mais duro que seja, você vai encontrar forças para resolvê-las.
    Se cuide.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  2. Quando a vida nos dá uma parede para escalarmos, temos que ter na nossa mente qeu essa parede irá nos dá braços mais resistentes para podermos escalar as outras que nos serão posta no nosso eterno caminhar pela vida..
    E na minha singela opnião de errante nessa vida.. Vc ja esta mais do que apto para escalar quantas paredes forem postas na sua frente.. E não se preocupe.. Estarei aqui com vc..
    Parabens meu amigo.. Parabens

    ResponderExcluir
  3. Nesta vida tão preciosa chegamos como viajante e, na condição de um viajante solitário. Durante esta estadia o vento nos traz experiências, embora levamos sempre em conta novos horizontes. Entretanto haveremos de sair desta mesma vida bem ou mal vivida, também com a solitária nos ombros. Muita vez, sem norte, projetamos no papel um destino, mas nem sempre seguimos os caminhos que o destino nos proporciona. Assim é a vida!

    Grande Abraço, meu amigo!
    Fique bem, tá?

    ResponderExcluir
  4. Meu Garoto. Lendo este longo, mas cativante, e oportuno texto poema, chego a conclusão de que matéria você é: um menino de ouro!
    Um menino que desde cedo, já aprendeu com as nuances da vida, a lidar com ela.
    Muitas vezes meu querido, precisamos ser como leões, porque se bancarmos uma de cordeiro o tempo todo, os devoradores de alma virão sobre nós...
    Entenda-se aí na metáfora, ou analogia como queira, uma realidade cruel. Pois se não encararmos nossos problemas, sucumbiremos.
    Devemos ser cordeiros, e devemos ser leões!
    Creio que você é os dois, portanto sabe dosar um pouquinho de cada para enfrentar os outros bichos.
    Um abraço afetuoso deste que nunca o esquece, apesar das distâncias.
    Bjs em teu coração.

    ResponderExcluir
  5. Por vezes também pensei em abandonar minha jangada, mas sempre existia algo dentro de mim que era mais forte do que a vontade de desistir.

    Gostei demais da postagem...muito boa.
    Pode transcrever sim, qualquer postagem do blog.

    Um forte abraço

    ResponderExcluir
  6. Oi garoto, tudo bem?
    Menino, sei bem como é isso, acredito que as vezes todos nós passamos por um momento como esse, mas felizmente a maioria consegue contornar a situação. Espero de coração que tudo fique bem e saiba que precisando de um ombro, de um palavra amiga, estou aqui.
    Sobre arriscar eu sei bem tbm como é isso, rs. Só que eu estou nesse momento "pulando com tudo" mais em doses pequenas, rs. Estou cheio de planos, decidido a colocar todos em prática ou ao menos os mais importantes, assim como já estou fazendo e com fé em Deus tudo dará certo, rs.
    Bjo menina, fique bem tá?

    ResponderExcluir
  7. Emocionante e tocante desabafo... Seus versos tão profundos, nos traz sua alma despida, com frio, e louca pra ser aquecida por pelo menos um sonho realizado... E eu te digo querido amigo do meu coração, pelo pouco que já conheço de ti, sei que és uma pessoa de fibra, e que você vencerá, tenho fé, e tenha fé, que todos os seus sonhos e anseios se realizarão em toda plenitude!

    Deixo carinhos meus pra ti...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oláá!! tdo boom??
    meu fds fooi ótiimo! ") um mega semana pra vcx!
    abraçoooos!!

    ResponderExcluir
  9. Olá!!!
    Por favor não pessa desculpa pelo tamanho do texto .
    Por tudo que li escreveu tudo que -lhe vai na alma .
    Li palavras emocinantes ainda conheço você muito pouco você querido poeta mais o suficiente para dizer tens uma alma nobre e um coração extremamente lindo .
    beijos e beijos,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá querido!

    Quanto tepo hein?! estou meio ausente da net por falta de tempo, mas em breve passarei para prestigiar o seu cantinho com mais calma, tá?!

    bjoxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx no coração!

    ResponderExcluir
  11. Amigo querido, hoje vim especialmente pra lhe abraçar com todo meu afeto, e desejar
    que sua alma se renove a cada amanhecer, e que sua vida possa estar sempre sendo reconstruída nos pilares da fé, esperança, paz, solidariedade, e amor...
    Feliz Páscoa!
    Carinhos...
    Bjsss

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails