domingo, 26 de setembro de 2010

Minha História (Capítulo 18)

A Sociedade ainda não está PREPARADA!

15 de julho de 2004



            Irmão Elizabete começou perguntando-me sobre minha irmã, como ela estava, se eu havia conseguido conversar com ela, disse que estava muito preocupado com ela, havia tentado conversar sim com ela, mas ela estava como que trancada, não aceitava, e num breve momento que consegui que ela dissesse algo, não foi muita animador, ela disse ao ter vontade de fazer nada, de sair, passear, ir a alguma festa com amigos da escola, cantar, pintar, nada, disse que não sentia vontade de fazer nada, daí concluí porque ela sempre passava tanto tempo arrumando a casa todos os dias ao chegar da escola. Irmã Elizabete comentou que ela ainda precisa encontrar o caminho dela e que em alguns momentos, por mais que queiramos, não há como ajudar, o ajudar é não ajudar, para que a própria pessoa possa encontrar seu caminho, caminhar com as próprias pernas, questionar a si próprio.
            Daí voltei a ser o foco, falei sobre mim, sobre meus planos para o futuro, que penso em fazer uma faculdade, de filosofia talvez, sou apaixonado pelo saber, pelo conhecimento e este curso me parece mito interessante, me especializar na área, talvez montar uma ONG em apoio aos homossexuais pois as passeatas que acontecem hoje não ajudam muito no que diz respeito a conscientização, constantemente ouso frases do tipo “olha lá o carnaval das bichas”, e isso espanta até mesmo muitos gays que se encontram no estágio de amadurecimento que eu me encontrava quando comecei este trabalho, confuso, com vergonha, medo, sem ajuda!
            Irmã Elizabete concordou com minha opinião e disse que neste estágio do acompanhamento é muito bom ter planos, idéias, sonhos para o futuro que nos dão força e nos fazem atingir nossos objetivos.
            Depois lhe fiz uma pergunta, uma pergunta um tanto longa, disse que, no ano anterior, ainda no seminário, quando estudamos um texto sobre a homossexualidade, com Padre Pedro, lhe perguntaram se o gay pode ou não comungar, a que ele respondeu que deveria comungar apenas aqueles que vivem só, pois a igreja aconselha a estas pessoas viver a castidade.
            Então perguntei a Irmã Elizabete o porque disso visto que, quando um heterossexual sente uma vontade muito grande de morar junto, ter uma pessoa ao lado para abraçar, sorrir, conversar, dividir a vida, ela se casa, quando uma pessoa se sente chamada ao sacerdócio, vai para o seminário, se quer ser médico, cursa medicina, no fundo, tudo é para satisfazer um desejo, as vezes desejo que não sabemos explicar com palavras, mas é para satisfazer um desejo, para se realizar, então, se somos todos humanos transbordando em vontades e desejos, porque um homossexual não poderia comungar ao tentar ser feliz como qualquer outra pessoa, afinal, todas as pessoas tem direito de realizar seus desejos, ai vão me dizer a famosa e célebre fazer, “mas não devemos ser escravos de nossos desejos”, à qual retruco perguntando, mas todos os héteros não o são quando se casam? Quando escolhem medicina ao invés de pedagogia? Direito e não matemática? O sacerdócio ao invés de uma carreira profissional tradicional? Ai dirão, mas sacerdócio é uma vocação dada por Deus, sim, concordo, e quem disse que as outras não são? Da mesma forma que apenas alguns são chamados ao sacerdócio, com exceção daqueles movidos pela ganância, também apenas alguns são chamados à medicina, ao direito, à psicologia, e assim por diante, no fundo tudo por causa de um grande desejo ao qual não se sabe explicar, ai o chamam de vocação, e ai, o que fazer?
            Toda a resposta de Irmã Elizabete pode ser resumida em apenas uma frase, disse que concorda, que não somos culpados por isso e muito menos obrigados a viver sozinhos a vida toda, mas o maior problema é que a sociedade ainda não está preparada para algo deste tipo.
            Ao que retruquei:
            -A igreja tem medo de aceitar estas pessoas e perder muitos fiéis, mas também tem medo de tocar no assunto por algum motivo.



HOJE:
            É claro que compreendo o que Irmã Elizabete quis dizer ao afirmar que a sociedade não está preparada, mas..., como eu não perco uma oportunidade de criticar a sociedade, seus padrões hipócritas, sua hipocrisia e falsidade, aqui vou eu do novo.
            Saiamos da inércia e coloquemos nossos neurônios para funcionar por um instante, pensemos um pouco:
·        A sociedade estava preparada para ter o cristianismo como religião oficial do império no ano 303 dada por Constantino I (ou Flavius Valerius Constantinus, imperador romano) reprimindo e perseguindo com morte as demais denominações religiosas da época?
·        A sociedade estava preparada para, por volta do ano 400 d.c. ver uma brilhante matemática e astrônoma de nome Hipácia (Hipátia) ser esquartejada em praça pública e a biblioteca de Alexandria, a qual foi a última zeladora, ser destruída e incendiada por Cirio e seus seguidores cristãos, hoje conhecido como São Cirilo, santo e doutor da igreja?
·        A sociedade estava preparada para a Santa Inquisição da idade média a qual despensa qualquer comentário?
·        A sociedade estava preparada para tantas guerras já acontecidas, em especial a 1° e a 2° grande guerras mundiais e a última forjada pelos Estados Unidos em busca do controle do petróleo? Para uma visão mais geral de todas as guerras já acontecidas, ver final do post.
·        A sociedade estava preparada para ver uma dissidência INTERNA nos Estados Unidos resultar no 11 de setembro, que já havia sido tentado na detonação de um caminhão de explosivos 10 anos antes no estacionamento do mesmo edifício?
·        A sociedade estava preparada para receber Adolf Hitler (Alemanha 1933-1945), Benito Mussolini (Itália 1922-1945),  Augusto Pinochet (Chile 1973-1990) e tantos outros?
·        A sociedade estava preparada para as ditaduras militares, inclusive no Brasil?
·        A sociedade estava preparada para ver as milhares de crianças mortas e famintas que todas estas guerras e ditaduras geraram?

Mas não estão preparados para verem dois homens ou duas mulheres se beijarem, adotarem um filho sem lar, montarem uma família, terem uma relação estável. A sociedade, em meio a uma cultura de guerra, não está preparada para o amor!

Histórico dos momentos em que a falta de razão dominou o ser humano, e este não foi capaz de dialogar:

Grécia Antiga
1250 - 1240 a.C.: Guerra de Tróia
499 - 479 a.C.: Guerras Médicas
431 - 404 a.C.: Guerra do Peloponeso
334 - 323 a.C.: Campanhas de Alexandre, o Grande

Roma Antiga
343 - 290 a.C.: Guerras Samnitas contra Samnium
264 - 146 a.C.: Guerras Púnicas contra Cartago
264 - 241 a.C.: Primeira Guerra Púnica
218 - 202 a.C.: Segunda Guerra Púnica
149 - 146 a.C.: Terceira Guerra Púnica
215 - 168: Guerras Macedónicas
91 - 88 a.C.: Guerra Social contra os aliados latinos
82 - 81 a.C.: Guerra civil de Sulla
58 - 50 a.C.: Guerras da Gália, conquista da Gália por Júlio César
49 - 45 a.C.: Guerra civil de Júlio César
43: Invasão romana das ilhas britânicas
220 - 265: Guerra dos Três Reinos na China
291 - 306: Guerra dos Oito Príncipes na China

Idade Média e Renascimento
711 - 718: Conquista árabe da Espanha
1066: Conquista Normanda de Inglaterra
1096 - 1291: Cruzadas
1096 - 1099: Primeira Cruzada
1147 - 1149: Segunda Cruzada
1187 - 1191: Terceira Cruzada
1202 - 1204: Quarta Cruzada
1209 - 1229: Cruzada contra os Cátaros
1217 - 1221: Quinta Cruzada
1228: Sexta Cruzada
1248 - 1254: Sétima Cruzada
1270: Oitava Cruzada
1271 - 1291: Nona Cruzada
1236 - 1237: Invasão Mongol da Bulgária do Volga
1223 - 1240: Invasão Mongol da Rússia
1241: Invasão mongol da Europa
1262 - 1267: Guerra Berke-Hulagu
1139 - 1153: A Anarquia, guerra civil inglesa
1152 - 1453: Guerra da Barba
1296 – 1328 / 1332 – 1333: Guerra da Independência Escocesa
1296 - 1328: Primeira Guerra da Independência Escocesa
1332 - 1333: Segunda Guerra da Independência Escocesa
1337 - 1453: Guerra dos Cem Anos
1341 - 1364: Guerra da Sucessão da Bretanha
1385 - 1399: Guerra Tokhtamysh-Tamerlão
1420 - 1436: Guerras Hussitas
1454 - 1466: Guerra dos Treze Anos, entre a Polónia e os Cavaleiros Teutônicos
1455 - 1485: Guerra das Duas Rosas

Séculos XVI a Século XIX
1521 - 1523: Guerra da Libertação da Suécia
1562 - 1598: Guerras da Religião em França ou Guerras Huguenotes
1568 - 1648: Guerra dos Oitenta Anos (independência da Holanda)
1588 - 1654: Guerra Luso-Neerlandesa
1618 - 1648: Guerra dos Trinta Anos
1639 - 1652: Guerra Civil Inglesa (Oliver Cromwell)
1648 - 1653: Fronda em França
1648 - 1654: Rebelião de Chmielnicki
1654 - 1656: Guerra Russo-Polaca
1655 - 1656: Guerra Sueco-Brandenburg
1655 - 1660: Guerra Sueco-Polaca
1656 - 1658: Guerra Russo-Sueca
1656 - 1660: Guerra Sueco-Dinamarquesa
1657 - 1660: Guerra Sueco-Holandesa
1658 - 1667: Guerra Russo-Polaca
1701 - 1714: Guerra da Sucessão Espanhola
1733 - 1738: Guerra de Sucessão da Polônia
1740 - 1748: Guerra da Sucessão da Áustria
1754 - 1777: Guerras Guaraníticas
1756 - 1763: Guerra dos Sete Anos
1775 - 1783: Guerra da Independência dos Estados Unidos
1803 - 1815: Guerras Napoleónicas
1807 - 1814: Guerra Peninsular
1809 - 1825: Guerra da Independência da Bolívia
1810 - 1816: Guerra da Independência da Argentina
1810 - 1821: Guerra da Independência do México
1817 - 1818: Guerra da Independência do Chile
1822 - 1823: Guerra da Independência do Brasil
1825 - 1828: Guerra da Cisplatina
1828 – 1834: Guerras Liberais em Portugal
1835 - 1845: Guerra dos Farrapos
1839 - 1860: Guerras do ópio
1839 - 1842: Primeira Guerra do Ópio;
1856 - 1860: Segunda Guerra do Ópio
1848 - 1866: Guerras de Unificação da Itália
1848 - 1849: Primeira Guerra de Independência Italiana
1859: Segunda Guerra de Independência Italiana ou Guerra Franco-Austríaca ou de Guerra Austro-Piemontesa
1866: Terceira Guerra de Independência Italiana (Também chamada de Guerra das Sete Semanas, Guerra Austro-prussiana ou Guerra Civil Alemã).
1851 - 1852: Guerra contra Oribe e Rosas
1853 - 1856: Guerra da Criméia
1861 - 1865: Guerra Civil Americana ou Guerra de Secessão
1864: Guerra contra Aguirre
1864 - 1870: Guerra da Tríplice Aliança ou Guerra do Paraguai
1868 - 1869 : Guerra Boshin
1870 - 1871: Guerra franco-prussiana
1879: Guerra Anglo-Zulu
1879: 1881: Guerra do Pacífico ou do Salitre
1880 - 1881: Primeira Guerra dos Bôeres
1894 - 1895: Guerra Sino-Japonesa
1899 - 1902: Segunda Guerra dos Bôeres na África do Sul
1900 - 1901: Guerra dos Boxers na China

Século XX
1904 - 1905: Guerra Russo-Japonesa
1912 - 1913: Guerra dos Bálcãs
1914 - 1918: Primeira Guerra Mundial
1918 - 1922: Guerra Civil Russa
1932 - 1935: Guerra do Chaco
1936 - 1939: Guerra Civil Espanhola
1939 - 1945: Segunda Guerra Mundial
1940 - 1989: Guerra Fria
1946 - 1954: Primeira Guerra da Indochina
1947: Guerra Indo-Paquistanesa ou I Guerra Caxemira
1964 - 2005: Guerra Civil na Colômbia
1965: Guerra Indo-Paquistanesa ou II Guerra Caxemira
1950 - 1953: Guerra da Coréia
1954 - 1962: Guerra da Argélia
1961 - 1975: Guerras Coloniais
1961 - 1975: Em Angola:Guerra da Libertação de Angola
1964 - 1975: Em Moçambique: Luta Armada de Libertação Nacional
1964 - 1973: Guerra do Vietname
1966 - 1988: Guerra da Independência da Namíbia
1967 - 1967: Guerra dos Seis Dias
1969: Guerra do futebol (Honduras contra El Salvador);
1971: Guerra de Bangladesch
1973 - 1973: Guerra do Yom Kippur
1975 - 1998: Guerra da Independência de Timor
1979 - 1989: Ocupação soviética do Afeganistão
1980 - 1988: Guerra Irã-Iraque
1982 - 1982: Guerra das Malvinas (Falklands)
1990 - 1991: Guerra do Golfo
1991 - 2001: Guerra dos Balcãs (Guerras da ex-Iugoslávia)
1994 - 1997: I Guerra da Chechênia
1996 - 1997: Guerra Civil do Zaire
1999 : II Guerra da Chechênia

Século XXI
2001 - 2002: Invasão do Afeganistão
2003 - Guerra do Iraque
2006 - 2006: Ofensiva militar de Israel no Líbano

17 comentários:

  1. Garoto Cientista,

    Parabéns pelo post arrebatador , revelador
    de contundência inquestionável ...


    BjO de um Final de Domingo.

    ResponderExcluir
  2. Amigo, olá meu menino querido! Mais um maravilhoso texto contendo uma parte preciosa de tua linda e iluminada vida! Amo tudo isso!!! Deus o abençoe sempre e sempre, e que ele te dê força e coragem pra seguir sempre nessa longa e íngreme estrada da vida, que ele floresça seu caminho e lhe conceda sempre água pura e cristalina da fonte do amor... Uma linda tarde de domingo pra ti...
    Carinhos... Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Meu garoto parei tudo, li com bastante atenção e coloco aqui o que penso.

    Pelos princípio básicos da educação devemos aceitar as pessoas como elas são.
    Cada um tem o livre arbítrio de tomafr as suas decisões e seguir o caminho que assim lhe convier. Quem slomos nós para criticar os outros? Primeiro antes de tudo temos que olhar para nós mesmos e se assim o fizermos vamos ver que muito do que fazemos, pensamos também é cabível de críticas.
    Agora pergunto será que não é melhor se preocuparem com a podridão que assola o mundo? A violência que nos apavora e nem preparados para essa guerra fomso criados?
    As crianças ou será que devo chamar de crianças àqueles que nos assaltam sem piedade com um gilette nas costas ou até com um revolver onde apertar o gatilho não lhe faz a menor diferença?
    Todos os dias na ida e volta do trabalho vejo uma tapete de meninos estirados ao chão cheios de crac e a cada dia mais magros, mais esqueléticos e talvez em outros dias muitos já não estão mais lá, ou melhor nessa vida.

    Vou parar de citar tantos problemas que existem em nossa sociedade pois falar em homossexualismo e os preconceitos que ainda existem é falar de pessoas pouco esclarescidas.
    Leia esse post de uma edição opinativa recente que foi feita pelo projeto Bloínquês
    que achei de sensacional.
    http://vidaearteemcores.blogspot.com/2010/05/pelo-direito-indiferenca.html

    Para finalizar esse comentário que virou um testamento digo que na nossa Contituição diz como um dos seus objetivos fudamentais " promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação."

    Bbeijos no seu coração e um bom domingo

    ResponderExcluir
  4. Desculpe, mas a caixa de comentário deu erro várias vezes tendo que repetir o código e depois quando foi aceito estavam milhares de comentários.
    Conseguir eliminar um, mas os outros voltou a dar erro.
    Acredito que consiga prevalecer só um através do seu blog.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Garoto!

    Tudo bem com você? Estou feliz porque você me leu. Fico sensibilizado quando alguém entra em meu blog e deixa um recado.
    Já conheci muitas pessoas que são homossexuais e são pessoas do bem e também inteligentes. O meu dentista é homossexual e tiro o chapéu para ele, pois é um grande profissional.
    Penso que a opção sexual, não é opção e sim um sentimento que está dentro da pessoa. Então, penso que não existe nada que possa temer sobre esse assunto.
    Um grande abraço, amigo.
    Fique bem, OK.
    Um Grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Meu garoto! Tu arrebentou com os muros da santa hipocrisia!
    É isso mesmo! Mas vou falar é da SOCIEDADE BRASILEIRA! UM DAS MAIS HIPÓCRITAS E FARISAICAS DO MUNDO!!!!!! SÓ FALTAVA INSTITUIR AQUI, O APEDREJAMENTO COMO PUNIÇÃO AOS "DIFERENTES", AOS "FORA DOS PADRÕES"!!!
    AQUI MEU QUERIDO, VOCE NÃO PODE SE CASAR COM UMA MULHER 20 ANOS MAIS VELHA, VOCE NÃO PODE SE CASAR COM UM HOMEM 20 ANOS MAIS NOVO! AQUI VOCE É CRITICADO POR SE CASAR COM UMA NEGRA, OU SE CASAR COM UM NEGRO! VOCE NÃO PODE SE CASAR COM UM POBRE, NEM COM UMA POBRE! OLHA MEU GAROTO, NÃO VOU NEM CITAR O CASO DOS GAYS!!!
    MAS ROUBAR O POVO PODE!! MENSALÃO PODE!! DINHEIRO NA CUÉCA PODE!! CORRUPÇÃO PODE!! PEDOFILIA PODE!! TRAFICAR PODE!! ENGANAR O POVO PROMETENDO TERRENOS NO CÉU PODE!! TRAIR PODE!! COBRAR ALTÍSSIMOS IMPOSTOS PODE!! INVADIR PROPRIEDADE PODE!! E PRA FINALIZAR... IMPUNIDADE PODE!!!!!!!!!!!!!!!
    Deixa eu parar meu Garoto, porque me dá uma revolta tão grande, por saber que o povinho é tão preconceituoso e ignorante, QUANTO OS POLÍTICOS QUE OS GUIAM, por pura preguiça em BUSCAR CULTURA E CONHECIMENTOS, que os libertariam e deixariam de ser MASSA DE MANOBRA A SERVIÇO DOS POLÍTICOS, FALSOS RELIGIOSOS, E PELA REDE LOBO!!

    Um abraço! Fiz bem em vir aqui desabafar um pouco. Me desculpe.

    ResponderExcluir
  7. Olá, poeta corajoso... tenho meus 63 anos, concordo com tudo que disse...
    Pense comigo ; a sociedade não esta preparada nem mesmo para colocar alguém de que consiga diminuir a bandidagem, a mortalidade a essas crianças que ja nascem sem escolha no mundo...
    Quanto mais a um tema como esse que você expos, digamos de passagem muito bem colocado...
    Parabéns amigo.....

    Feliz semana
    Abraços super carinhoso

    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo texto
    e por sua capacidade astuta
    em querer estudar e ajudar!
    adorei tudo o que li,
    e espero que sua luta,
    seja realizada, sem armas ^^
    grande abraço,

    Dan

    ResponderExcluir
  9. Olá menino
    A cada parte de sua vida , você me surpreende. Esse histórico , mostra bem como o homem, nunca foi racional.
    Bjão

    ResponderExcluir
  10. Muito bem colocado e como vc disse, falta maturidade para muitos gays se colocarem assim, defenderem seus argumentos com clareza e deixar os hipócritas sem resposta!

    Adorei o estudo e esse blog é simplesmente maravilhoso! beijão

    ResponderExcluir
  11. Rapaz... eu estou em estado de graça com este post magnífico... Parabéns...!!! Foi realmente esclarecedor... e talvez o melhor post que já li sobre a hipocrisia da humanidade!!!

    Se ajudar... Assino embaixo!

    ***

    umBeijo!


    ;-)

    ResponderExcluir
  12. Olá querido Garoto Cientista!

    Um belo de um post! Parabéns! Tudo isto é culpa do poder e das fofocas às vidas alheias, se cada um ficasse na sua, não existiria tantos olhares tortos quando dois homens andam de mãos dados, não existiria tanta gente querendo ser melhor que os outros, não teria tanta inveja, tanta luta por um poder, tantas regras, leis, e tudo que rege esta sociedade e tantas outras que existiram, mas que são feitas de pessoas, e pessoas são assim, medíocres, a maior parte, ou as principais que nos agridem difamam, olham torto, fazem guerras...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. entendo sua proposta aqui, mas como historiador não posso concordar que guerras são simplesmente falta de racionalidade, mtas, como a invasão do iraque, tem motivos absolutamente racionais, como explorar petróleo.

    sobre meu blog: vc fez alguns comentários, sobre a história na academia, se era verdade? tudo lá é verdade! a não ser qndo eu digo claramente q não é, vc leu o post sobre uma fantasia tb né? então, naquele caso, excepcionalmente, é uma fantasia, não é real. mas normalmente eu escrevo coisas que se passam comigo.

    e volte sempre lá.

    ResponderExcluir
  14. Olá amigo querido! Vim te deixar um abraço e uma chuvinha de carinho pra que ela fertilize cada dia mais nossa amizade... Bjsss

    ResponderExcluir
  15. É só guerra, o homem na vdd evoluiu só no quesito tecnologia, pq no quesito consciência tah faltando e mt.
    :*

    ResponderExcluir
  16. Anhiiimm qe tdooo! POst mega booomm!! interessante!
    mega fds pra tii ! abraçauum! ")

    ResponderExcluir
  17. Oi. Estou aqui pois adoro o blog . Queria falar que começei um blog a pouco tempo, e queria que dessem uma olhada e me deixar uma opinião. O blog é

    www.quasehomens.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails