terça-feira, 1 de junho de 2010

Minha História (Capítulo 5) parte final

Socorre-me Senhor

Olho ao meu redor e vejo.
Me encontro angustiado e agoniado.
E logo penso na ocasião de um beijo.
Mas que ser amaldiçoado!

Como é insuportável conviver.
Com a pessoa mais amável deste mundo.
E nada poder dizer.
Torne-se o cúmulo.

Todos os dias de manhã.
Quando o café vamos tomar.
É aquele mesmo sofrimento.
Quando tanto sorrisos vejo dar.

E quando de mim se aproxima.
Todo meigo e piedoso.
- O que está acontecendo em sua vida?
Como é insuportável suportar.

Senhor, rogo a vós suplicando.
Como dizem os salmos de rancores.
É sofrido por demais este amor.
Só consigo, por ele, render louvores.

Como Senhor vou conseguir.
Suportar tanta emoção?
É por demais insuportável.
Hó  Deus pai da criação.

É o ser mais belo desta vida.
De caráter inigualável.
Compreensivo, bondoso e carinhoso.
Um ser tão amável.

És tu que me dás a força para viver.
Sem ti, eis ai o meu medo.
A angustia é tanta de morrer.
Que me faz dormir tarde a acordar cedo!

Hó Senhor, socorre-me enquanto há tempo.
Tira-me logo deste poço sem fim.
Pois assim na mais agüento.
Quando será que vai ter fim?

                        (13/11/2003)

            Ela leu uma por uma e começamos a conversar, a conversa foi um pouco difícil e complicada, mas depois de pensar bastante, deu para entender bem. Em primeiro ligar, em relação ao amor que eu estava sentindo, que sempre achei a coisa mais esquisita do mundo, ela disse que era algo muito bonita, esperançoso, não há sentimento mais belo que o amor, mas eu não devia reprimi-lo, como tenho feito, deveria começar a canalizá-lo para todas as áreas da minha vida, sem nenhuma exceção, para as aulas, o esporte, a oração, o relacionamento com os outros, em fim, para tudo o que estivesse ao meu redor. Existe dentro de mim, um grande desejo, uma imensa força, que se reprimida, sedo ou tarde ela encontra uma válvula de escape e explode, deve ser canalizada, usada em meu dia-dia para criar, para transformar tudo e todos ao meu redor, e o principal, transformar a mim mesmo.
            Quando terminou a conversa, sinceramente, eu saí de lá meio pedido, um outro pedido que ela me fez foi para eu parar de me policiar, parar de me perseguir, eu próprio me deixar mais livre, mais solto, conversar mais, brincar, falar besteiras, me soltar mais, soltar essas correntes que eu mesmo coloquei em mim, e isso, eu não estava conseguindo entender, como modificar esse jeito, se eu me policiava sem querer me policiar, se eu próprio me controlava sem querer isso, se já estava tão automatizado. Bem, é um trabalho, degrau a degrau, tomara que na próxima conversa, ela não precise arrancar as coisas de mim, que saiam espontaneamente.

11 comentários:

  1. olha esto de olho na sua historia mas depos eu volto pra dizer oque eu acho sobre tudo que esto a ler.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Bom Dia meu Garoto Cientista!
    Olha, lendo o que escreve, venho recordar-me de alguns detalhes em minha vida.
    Uma coisa eu te digo: Seja autêntico, seja voce mesmo, seja feliz!
    Se isso significa ser alguém feliz, então seja. É como digo, se o que voce faz, É PARA TE ENOBRECER, NÃO VAI PREJUDICAR SEUS SEMELHANTES, VAI ELEVAR SUA ALMA, SERÁ UM CIDADÃO DE BEM, E ISSO VAI TORNÁ-LO FELIZ, então meu amigo, não fique amarrado!
    É como religião. Voce é budista porque se identifica com as doutrinas, é evangélico porque acredita que está com a verdade, é católico porque esta convícto, se é mórmom é porque acredita que a religião o supre, se é espírita, se é judeu ou muçulmano, crê diferente, ou não crê, mas acima de tudo, seja FELIZ!
    Quero deixar meu abraço afetuoso, minha estima, e meu apreço.
    Obrigado pela visita, seja sempre bem vindo!

    ResponderExcluir
  4. Digo o mesmo, meu amigo! Sejamos felizes!!!! Passei pra retribuir a visita e me tornei freguês também. Seja sempre bem vindo ao meu espaço!!!!
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Olá garoto
    Temos que soltar as amarras e partir para a vida de peito aberto, os momentos passam rápidos e e não voltam. Viva intensamente, seja feliz e faça feliz.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pelo seu comentário no meu
    blogue e pela visita.Bj/Irene

    ResponderExcluir
  7. A vida esta aí para ser vivida, simplesmente faça oseu melhor, paz.

    ResponderExcluir
  8. Esse seu texto está meio Caio Fernando Abreu, meio desabafo. Gosto de textos assim, em que nos pomos claros, abertos, desprovidos de defesas. Gostei!

    Beijos pra ti e um ótimo feriado!

    ResponderExcluir
  9. Ninguém vai te arrancar nada, querido. És um Amor.
    Tuas histórias são comoventes e lindas.
    Beijos e um Belo Feriado.
    Renata

    ResponderExcluir
  10. E conselhos são fáceis de dar, difíceis de escutar e seguir, ainda mais quando partem de quem tem menos de 30:)))
    Muito obrigada pela gentileza das tuas visitas.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. A canoa sempre esteve furada.
    É preciso que segure ainda mais firme no leme.
    Porque no barco da esperança, o que vai contar é a força com que se puxa o remo da fé.


    Te abraço com carinho.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails